Sociedade

PJ cancela oficialmente a greve agendada para este mês

Decisão surge após terem sido recebidos o documento que garante serão cumpridas as reivindicações da ASFIC

A Associação Sindical dos Funcionários de Investigação Criminal da Polícia Judiciária (ASFIC-PJ) vai, esta segunda-feira, cancelar a greve ao trabalho suplementar "por decisão dos associados expressa nas assembleias regionais."

A decisão foi comunicada às redações em nota ofical e surge após os contactos entre a Direção Nacional da ASFIC-PJ e o Governo terem levado à obtenção dos documentos. Para além disso foi possível confirmar "confirmar que os textos aprovados continham as reivindicações negociadas com os investigadores."

No passado dia 25 de julho haviam sido aprovados, em sede de Conselho de Ministros, os diplomas da Lei Orgânica e dos Estatutos Profissionais. Apesar disso, "os associados deliberaram - por maioria - avançar com a paralisação por não terem em sua posse os referidos documentos."

Contudo, a receção do documento que assegura que serão cumpridas as reivindicações da ASFIC, levou ao cancelamento oficial da greve. Segundo Ricardo Valadas, presidente da associação sindical, "não há razão nenhuma que justifique esta greve.”