Internacional

Trump e Melania visitam El Paso e tiram fotografia com bebé orfão... a sorrir e de polegar para cima

O bebé Paul sobreviveu ao ataque devido aos pais terem feito de escudo para este não se magoar, tendo ambos perdido a vida em El Paso. A mãe de Paul, de 25 anos foi baleada enquanto tinha o bebé nos braços.

Donald Trump e a primeira-dama Melania Trump estiveram em El Paso, no Texas, onde ocorreu um tiroteio em massa no fim de semana passado, que originou a morte de 22 pessoas.

A visita do casal gerou muita crítica nas redes sociais. Muitos acusaram Trump e Melania de apenas quererem aparecer e utilizarem as vítimas para obter uma boa imagem aos olhos da população.

Uma das atitudes do casal  em especial tem causado polémica. O presidente norte-americano tirou uma fotografia ao lado da primeira-dama com um bebé que ficou órfão depois do tiroteio...e ambos decidiram posar para a fotografia com um sorriso. Donald Trump decidiu ainda colocar o seu polegar para cima.

O bebé Paul sobreviveu ao ataque devido aos pais terem feito de escudo para este não se magoar, tendo ambos perdido a vida em El Paso. A mãe de Paul, de 25 anos foi baleada enquanto tinha o bebé nos braços.

Muitos dos comentários às fotografias partilhadas por Melania no Twitter, onde esta afirma estar “ao lado” das vítimas que viveram o atentado, são negativos. “Pessoas estão a ser assassinadas e vocês estão a utilizar as vítimas para conseguirem boas fotografias?”, "Não se sentiram nem um bocadinho mal ao segurar esse bebé órfão para terem uma boa imagem? Pensaram na mãe dele enquanto o seguravam?” ou “Se tivessem a mínima empatia humania, perceberiam o quão errado isto é", são alguns dos comentários à publicação da primeira-dama. 

Apesar de estar na agenda de Trump visitar todas as vítimas do ataque, cinco recusaram receber a visita do presidente no hospital.