Politica

Pinto Luz pega-se com Santana no Facebook

Autarca de Cascais sai em defesa de José Eduardo Martins, depois de líder da Aliança o ter chamado ‘género de última coca-cola no deserto’.

O verniz estalou  entre o vice-presidente da Câmara de Cascais, o social-democrata, Miguel Pinto Luz, e o presidente da Aliança, Pedro Santana Lopes. Pinto Luz escreveu no Facebook que o antigo líder do PSD «vive obcecado» com o partido «e com os seus militantes». Em causa estava a uma referência prévia, de Santana Lopes, também na rede social Facebook, sobre José Eduardo Martins, ex-candidato do PSD à Assembleia Municipal de Lisboa e antigo secretário de Estado.

Miguel Pinto Luz saiu em defesa de José Eduardo Martins, depois de Santana Lopes lhe ter dedicado um comentário: «Há uns seres que falam de outrem como se fossem melhores, um género das últimas coca-colas do deserto. Há um indivíduo, que teve 15 % numas eleições, que nunca ganhou nada nem tem uma medida que se conheça mas que fala, ui... Quem o oiça julga que é, pelo menos, Doutor em alguma ciência difícil». Santana Lopes dedicou uma mini-crónica na sua página pessoal da referida rede social a José Eduardo Martins, a propósito do seu arrependimento no voto em Rui Rio. Há duas semanas, Martins assumiu: «Quando foi preciso escolher entre Rui Rio e Santana Lopes não hesitei».

Para o autarca em Cascais Santana Lopes fez um ataque a José Eduardo Martins, um homem com «‘H’ grande». Num texto sugestivo com o nome de «Ensaio sobre a vulgaridade e outros assuntos», Pinto Luz começa por dizer que «é notório que o dr. Santana saiu do PSD, mas o PPD não sai do dr.Santana». Mais, apesar de reconhecer o passado do antigo líder do PSD, que se desfiliou do partido para criar a Aliança, Pinto Luz diz que lhe custa «ver a forma atabalhoada como tem vindo a destruir o seu capital politico». 

Na página pessoal de Santana Lopes existem vários comentários à mini-crónica e há quem o aconselha a não falar mais do PSD. Já Pinto Luz foi bastante duro com o presidente da Aliança: «(... aos 62 anos de idade, no que se esperava que fosse o auge da experiência e da sabedoria, o dr. Santana Lopes acabou por sair do PSD. E de tão ponderada que foi a saída, a expectativa era de que o seu comportamento estivesse ao nível do seu percurso no PSD. Tristemente não tem sido esse o caminho», escreveu o autarca que não esconde vir a concorrer à liderança do PSD.