Internacional

Crocodilo mata menino de 10 anos que estava a bordo de barco com os irmãos

Corpo foi arrastado 90 quilómetros

Uma criança, de 10 anos, morreu na sequência do ataque de um crocodilo quando estava a bordo de um barco com os irmãos mais velhos, numa zona a sul de Balabac, nas Filipinas.

De acordo com o jornal Palawan Daily News, o animal conseguiu puxar o menino para água. Os restos mortais da criança foram encontrados, dois dias depois, a 90 quilómetros do local do ataque.

De acordo com a mesma publicação este é já o quinto ataque de crocodilos a humanos registado em menos de um ano. Em causa estará a diminuição do habitat natural dos animais.

"Desde 2015 que não temos um único ano sem qualquer ataque de crocodilo em Balablac. É um conflito pelo uso da água", disse Jovic Pabello, porta-voz do governo local, citado pela AFP.

O responsável explica ainda que apesar de o arquipélago de Palawan, ao qual pertence Balablac, ter uma grande diversidade de fauna e flora, o problema é que esta se está a desenvolver rapidamente de forma desordenada.