Vida

"Eduardo Beauté esteve pelo menos uma hora à conversa com um padre na véspera da sua morte"

Cabeleireiro estaria num momento "muito triste"

A morte de Eduardo Beauté continua envolta em mistério, uma vez que ainda não foram conhecidos os resultados da autópsia ao corpo do famoso cabeleireiro.

Esta terça-feira, durante o programa de Cristina Ferreira, na SIC, Hernâni Carvalho acabou por fazer revelações sobre o caso durante o espaço de análise criminal.

Além de revelar que Eduardo Beauté estava de facto “num momento muito muito triste”, o jornalista revelou que na sexta-feira, um dia antes da sua morte, o cabeleireiro esteve à conversa “com um padre”.

“Na sexta-feira esteve com um clérigo, com um padre, e eu sei que esteve pelo menos uma hora à conversa com um padre entre as três e tal e as quatro e tal da tarde”, disse Hernâni de Carvalho, não revelando mais pormenores.

Recorde-se que esta terça-feira, o Jornal de Notícias avançou que a polícia afastou a hipótese de crime na morte de Eduardo Beauté. O caso ficou sob a alçada da PSP e Instituto Nacional de Medicina Legal, que deverá determinar a causa da morte.

O Correio da Manhã havia avançado que Eduardo Beauté havia sido encontrado na cama, em tronco nu e com o pescoço roxo.

Segundo o Jornal de Notícias, os amigos contam que o cabeleireiro estaria animado com um novo projeto que ia arrancar esta semana com três sócios italianos. Terão sido os mesmos que deram o alerta depois de Eduardo faltar a uma reunião e pediram ajuda à empregada, que acabou por encontrar o cabeleireiro já sem vida no quarto.

Recorde-se que Eduardo Beauté, de 52 anos, tinha problemas financeiros e parecia não ter conseguido seguir com a sua vida após o fim da relação com Luís Borges, na sequência do qual esteve internado devido a uma depressão, que não estaria ainda ultrapassada.

Todos estes fatores contribuem para as especulações de suicídio, mas as autoridades continuam agora a investigar.