Internacional

Partido de Bolsonaro faz comparação entre esfaqueamento do Presidente e 11 de Setembro

Publicação foi partilhada nas redes sociais

O Partido Social Liberal (PSL) comparou, esta quarta-feira, o esfaqueamento de Jair Bolsonaro no ano passado, durante a campanha eleitoral, ao 11 de Setembro de 2001.

"Há 18 anos um atentado nos Estados Unidos chocava o mundo inteiro: o ataque às Torres Gémeas. Há um ano, o Brasil sofria um ataque à democracia: Jair Bolsonaro foi esfaqueado num ato público. Dois episódios que impactaram a sociedade e deixaram marcas na história", escreveu o partido de Bolsonaro no Instagram, onde surge também uma fotomontagem do atentado às Torres Gémeas ao lado da imagem de Bolsonaro a sofrer a facada.

Enquanto uns criticaram a comparação, outros partilharam a imagem exigindo justiça sobre o ataque ao atual Presidente do Brasil.

Recorde-se que Bolsonaro foi submetido a uma cirurgia no último domingo e encontra-se em período de licença do cargo de chefe de Estado.