Vida

Cristiano Ronaldo aproveita entrevista para tentar reencontrar pessoas que lhe deram comida na infância

Jogador confessou ainda que vai casar com Georgina Rodríguez

Foi nesta terça-feira que foi para o ar a entrevista de Piers Morgan a Cristiano Ronaldo, no programa Good Morning Britain. Entre os muitos temas abordados durante a conversa, o craque português acabou por recordar a infância difícil.

O jogador recordou a altura em que tinha 11 ou 12 anos, para depois deixar um convite especial no ar. Cristiano Ronaldo lembrou que, quando treinava na Academia do Sporting, a família tinha poucos recursos financeiros. Quando tinha fome, depois dos treinos e dos jogos, o internacional português revelou que ia com os colegas a uma cadeia de fast food para que lhe dessem hambúrgueres.

“Estava lá sempre a Edna e duas outras raparigas. Nunca mais as encontrei, perguntei por elas às pessoas em Portugal, mas o espaço fechou. Mas se esta entrevista puder ajudar a encontrá-las eu ficaria muito feliz, porque quero convidá-las a vir a Turim ou Lisboa para jantarem comigo. Quero retribuir-lhes algo”, disse o jogador.

Mas as revelações não ficam por aqui, o futebolista falou ainda de Georgina Rodríguez.

 “Ela ajudou-me muito. Claro, estou apaixonado por ela (…) Vamos casar um dia, com certeza. É o sonho da minha mãe também. Então, um dia. Por que não?”, disse CR7, que considera que Georgina é a sua alma gémea.