Sociedade

Filho de Rosa Grilo é hoje ouvido em tribunal

Começou hoje a terceira sessão do julgamento.

Começou hoje a terceira sessão do julgamento de Rosa Grilo e António Joaquim, acusados de ter assassinado o antigo triatleta e marido da arguida, Luís Grilo. 

A sessão de hoje fica marcada pelo seu arranque à porta fechada, visto que o filho da vítima e da suspeita, Renato Grilo, está a ser ouvido em tribunal.

O jovem de 13 anos irá depor perante o coletivo de juízes sem qualquer elemento da comunicação social presente na sala de audiências, por forma a tentar protegê-lo.

Para além do filho de Rosa e Luís Grilo, espera-se que outras 19 testemunhas passem pela sala de audiências. O coletivo de juízes conta ouvir 10 testemunhas de manhã e as restantes à tarde. O objetivo passa por acelerar o processo do julgamento, visto que ainda haverá mais de 80 testemunhas para ouvir.

O antigo triatleta foi assassinado a 15 de julho, contudo o corpo foi apenas encontrado em setembro. Rosa Grilo defende que não matou o marido e que se tratou de um esquema orquestrado por três angolanos, enquanto que o Ministério Público acredita que esta e o amante, António Joaquim, prepararam o homicídio por forma a ficar com a indemnização de seguros pela morte de Luís Grilo, fixada nos 500 mil euros.

Recorde-se que na semana passada, Rosa Grilo e o amante entraram em contradição no que toca às armas do crime. António Joaquim admitiu que as três armas apresentadas em Tribunal lhe pertenciam, enquanto que Rosa Grilo afirmou nunca as ter visto.