Sociedade

Casal ocupa ilegalmente casa de homem cego durante três anos em Cascais

O homem era obrigado a fazer tudo o que o casal pedia. Caso não o fizesse, era espancado violentemente. 

Um homem cego foi feito refém e escravo dentro da própria casa ao longo de três anos, em Cascais, avançou a TVI24. Um casal, de 42 anos e 29 anos, ter-se-á ocupado ilegalmente da casa do homem e obrigavam-no a fazer tudo aquilo que estes desejavam. Caso o homem negasse, era agredido brutalmente pelo casal.

O caso foi descoberto na última segunda-feira, depois do homem ter sido agredido e ter visitado o Hospital de Cascais, apresentando ferimentos graves. A assistente social do hospital ao ver os ferimentos do homem desconfiou da situação não o deixou abandonar a unidade hospitalar, avisando de seguida as autoridades locais que começaram a investigar o caso. 

Os suspeitos foram detidos esta manhã, em São Domingos de Rana. Ao questionarem os vizinhos, estes afirmamaram que o homem como deficiência visual chegou a ser ameaçado com uma arma branca e martelos. 

O casal vai ser presente esta sexta-feira ao Tribunal de Cascais para a aplicação das medidas de coação.