Internacional

Hong Kong. Confrontos entre Polícia e manifestantes

As autoridades dispararam gás lacrimogéneo e detiveram vários manifestantes, afirmando ter usado o mínimo de violência possível. 

Confrontos 
Os ativistas pró-democracia e a Polícia de choque entraram em confrontos em toda a cidade, este domingo.

Centro comercial 
A Polícia perseguiu manifestantes entre multidões num centro comercial, à hora de almoço. As imagens mostravam compradores aos gritos e alguns feridos quando a Polícia investiu sobre ativistas dentro do edifício.
 
Cocktails Molotov
O Governo de Hong Kong disse que um grupo de manifestantes arremessou 20 cocktails molotov para o interior de uma esquadra. As autoridades dispararam gás lacrimogéneo e detiveram vários manifestantes, afirmando ter usado o mínimo de violência possível. 

Força excessiva
A Polícia de Hong Kong tem sido acusada de utilizar força excessiva ao lidar com os manifestantes, perdendo o respeito de muitos cidadãos da cidade.

Lei de emergência
O Governo de Hong Kong introduziu leis de emergência, proibindo o uso de máscaras em manifestações públicas. Medida que desencadeou uma das piores ondas de violência no centro financeiro, uma das piores desde que o protestos começaram, em junho.