Economia

Malo Clinic. Reforço em Portugal e estrangeiro com investimento até 15 milhões

Atena aponta para uma subida até 35% nas receitas da empresa até 2025. Paulo Maló sai já no fim do mês.

Depois das notícias da falência do fundador, a Malo Clinic anunciou que vai expandir a sua atividade nacional e internacional, apostando na digitalização, reforçando a investigação e valorizando os seus colaboradores. Tudo através de investimento de 15 milhões da sociedade gestora Atena Equity Partners - que adquiriu a Malo Clinic.

Já em curso está um plano de investimento de quatro milhões com o objetivo principal de potenciar o desenvolvimento da empresa mas o valor pode chegar aos 15 milhões (ou até mais) “dependendo da velocidade e das oportunidades que apareçam. Cada euro que pudermos investir, será investido”, disse aos jornalistas Miguel Nobre, responsável de desenvolvimento e pesquisa da Malo Clinic.

“A empresa tem em marcha um investimento de quatro milhões de euros, sendo que a Atena tem disponibilidade para investir 15 milhões”, explicou o CEO da Malo Clinic, António Pereira.

A nova administração aproveitou ainda a oportunidade para explicar aos jornalistas os seus objetivos: um deles é conseguir um crescimento médio anual de 5% e um volume de negócios de 47 milhões de euros até 2025.

A estratégia da Malo Clinic passa por uma aposta na potenciação das suas vantagens competitivas, nomeadamente no corpo clínico que conta com mais de 120 médicos dedicados em exclusivo, a experiência acumulada na reabilitação oral “única no mundo” com mais de 160 mil pacientes, 14 clínicas e seis laboratórios e ainda a contínua atividade de investigação e desenvolvimento que permite validar e aperfeiçoar protocolos clínicos.

Novas aberturas Dado que o investimento prevê o crescimento da empresa, a Malo Clinic vai abrir uma nova clínica em Portimão, até porque “já existe uma clínica em Alvor mas está a ficar sem espaço”, explicou o presidente da Atena, João Rodrigo Santos. Além desta clínica está prevista a abertura de mais duas, mas a localização ainda não é conhecida. O presidente da Atena refere apenas que o objetivo é que fiquem localizadas no centro e norte do país.

Fazer o grupo crescer na Polónia é outro dos objetivos. “Temos uma clínica na Polónia que já está a crescer bastante bem. É uma clínica que pode ser aumentada”, disse Miguel Nobre. O responsável explicou ainda que o objetivo não passa por abrir novas clínicas.

Paulo Maló sai no final do mês Não é novidade que o fundador da Malo Clinic, Paulo Maló, iria abandonar o grupo. Faltava saber quando, dúvida que foi esclarecida ontem pelos novos donos da empresa. Paulo Maló deixa oficialmente a empresa que fundou no final deste mês. Aos jornalistas, Miguel Nobre explicou que o fundador “passava muito pouco tempo em Portugal nos últimos anos”, principalmente por ter “obrigações internacionais que pouco têm a ver com a Malo Clinic”. Além disso, foi explicado aos jornalistas que, no ano passado, em 27 mil clientes atendidos, Paulo Maló tratou menos de 0,5%.

Recorde-se que a Malo Clinic passa por um processo Especial de Revitalização (PER) devido à dívida de 67,5 milhões de euros.