Sociedade

Cidadão brasileiro caiu na Boca do Inferno em Cascais e teve de ser resgatado pelo mar

Homem ignorou avisos de acesso proibido, escorregou e sofreu queda violenta.

Um homem de nacionalidade brasileira, com 51 anos, foi resgatado pela Polícia Marítima e pelos Bombeiros de Cascais, esta terça-feira, ao início da tarde, após ter sofrido uma queda, com suspeita de fratura de anca, no Mexilhoeiro, na Boca do Inferno.

A vítima terá ignorado os avisos de área perigosa e de acesso proibido, aventurando-se numa área muito íngreme e acabando por cair. Estava acompanhado por outro cidadão brasileiro, que escapou sem ferimentos, segundo o site Cascais24.

As dificuldades de acesso e de evacuação do ferido em plano duro obrigaram a que o resgate fosse feito a partir do mar por uma embarcação, que depois levou a vítima até à Marina de Cascais, de onde foi transportado pelos Bombeiros para o hospital, adiantou a mesma publicação.