Internacional

Crianças encontradas em casa atolada de lixo com 245 animais

Segundo a polícia, foi encontrado um porquinho-da-índia morto numa gaiola, comida apodrecida, fezes de animais e urina por toda a residência.

City Of Edgewater Police Department
City Of Edgewater Police Department
City Of Edgewater Police Department

Três meninas foram resgatadas de uma casa, onde viviam com a mãe e mais um amigo da família, atolada de lixo e dejetos de animais, no passado dia 20, em Edgewater, no estado de Nova Jérsia, nos Estados Unidos. “A residência estava em condições de vida deploráveis", pode ler-se numa publicação das autoridades no Facebook.

De acordo com o Departamento da Polícia de Edgewater viviam na casa 245 animais: 4 cães, 2 gatos, muitos pássaros, alguns lagartos e muitos roedores: pelo menos 60 ratos adultos e 23 bebés. “Ficou imediatamente evidente que nem as crianças nem os animais estavam a ser tratados adequadamente”, afirmam as autoridades.

Segundo a polícia, foi encontrado um porquinho-da-índia morto numa gaiola, comida apodrecida, fezes de animais e urina por toda a residência.

A queixa foi apresentada pelo pai das crianças, que pretendia retirar as filhas de casa. As meninas de 8, 9 e 10 anos estão agora à guarda de um familiar não especificado pela polícia. Os animais foram levados para o abrigo de animais de Edgewater.

" Nos meus cinco anos como polícia, esta é a pior casa onde já estive, pelo odor avassalador a amoníaco e acumulação de animais e pelas condições em que viviam estas três crianças na própria casa", afirmou Anthony Binz, do Departamento da Polícia de Edgewater que liderou a operação.

Os adultos que viviam na casa foram constituídos arguidos e poderão agora ser agora acusados de abuso infantil e 66 acusações de crueldade animal.