Sociedade

Juíza aceita ouvir jogadores do Sporting através de videoconferência

Bruno Fernandes, Acuna, Battaglia, Wendell, Maximiano, Coates, Ristovski e Mathieu começam a ser ouvidos já na próxima semana.


Os jogadores do Sporting não vão ser obrigados a comparecer em tribunal, no âmbito do processo da invasão da Academia do clube em Alcochete, podendo prestar testemunho através de vídeoconferência, decidiu a juíza, esta sexta-feira.

A magistrada aceitou assim o requerimento do advogado do Sporting que tinha pedido que os jogadores agredidos não fossem obrigados a comparecer presencialmente no tribunal.

Bruno Fernandes, Acuna, Battaglia, Wendell, Maximiano, Coates, Ristovski e Mathieu começam a ser ouvidos já na próxima semana.

Jogadores vão comparecer no Tribunal do Montijo e fazer videoconferência com o Tribunal de Monsanto.