Desporto

Pack promocional do Sporting deixa PSP em alerta

Pack inclui bilhetes para três jogos.

O Sporting reagiu este domingo através de um comunicado à polémica que surgiu após a divulgação de um pack promocional que incluiu os três próximos jogos do Sporting (FC Porto, Marítimo e Benfica).

Esta promoção do Sporting deixou as autoridades em alerta, uma vez que existe a suspeita que muitos adeptos do Benfica tenham adquirido alguns destes bilhetes para posteriormente os venderem a adeptos do FC Porto, levantado a possibilidade e ameaça de no clássico deste domingo haver adeptos dos dragões na bancada central.

O Sporting reagiu através de comunicado, onde garantiram que a campanha foi "desenhada para sportinguistas" e que dos 500 packs disponíveis 300 foram adquiridos por adeptos do Sporiting.

 

Confira o comunicado na íntegra:

"O pack de 3 jogos foi desenhado para sportinguistas. Uma forma competitiva de sportinguistas, sócios e adeptos, poderem assistir aos dois maiores jogos do campeonato e receberem um terceiro grátis. É seguro dizer que o pack, enquanto tal, é particularmente apelativo para adeptos do Sporting.

Todavia, tem havido alguma preocupação sobre potenciais “riscos de segurança” devido ao pack de bilhetes para adeptos, que estariam a ser adquiridos por adeptos do SLB com o alegado intuito revenderem esses títulos a adeptos do FCP e, depois, assistirem ao SCP/ SLB.

É, assim, necessário clarificar que nos últimos 5 anos, sempre que os jogos com o Sport Lisboa e Benfica foram jogados em Alvalade antes de Março, disponibilizaram-se bilhetes para adeptos (não sócios) nas bancadas centrais. O número de títulos adquiridos por adeptos (não sócios) variou entre os 5000 e os 9400 (excluindo os 2600 regulamentares).

No que diz respeito a jogos com o FCP, a venda ao público não tem tido quaisquer restrições de bilheteira, pois não existe a mesma proximidade geográfica entre clubes, logo é menor a probabilidade de serem adquiridos por adeptos do clube adversário. O número médio de títulos adquiridos por adeptos (não sócios), nos últimos 5 anos, foi de cerca 5500.

O pack de bilhetes para adeptos esteve limitado a 500 unidades, 10 a 18 vezes inferior aos bilhetes vendidos a adeptos nos jogos com SLB nas condições mencionadas supra. E 10 a 12 vezes inferior aos jogos típicos com o FCP.

O pack de 3 jogos foi desenhado para sportinguistas: dos 500 packs de adepto vendidos, mais de 300 foram adquiridos por leões que vêm regularmente a Alvalade. Ou seja, estamos a falar de menos de 200 desconhecidos. 

Tendo em conta que o pack é, pelas razões referidas anteriormente, particularmente apelativo para Sportinguistas, é elementar concluir que, com toda a probabilidade, a maioria desses 200 desconhecidos será Sportinguista. Porque quereriam os adeptos dos adversários este pack se no passado recente compraram diretamente em bilheteira por metade do preço? 

Note- se, por exemplo, que em 2014/2015, no jogo contra o SLB venderam-se mais de 12000 bilhetes a adeptos (não sócios), dos quais 2600 são os regulamentares a adversários. Um número incomparavelmente superior à venda máxima de packs disponíveis para adeptos.

No jogo com o Sport Lisboa e Benfica desta época existirão mais restrições de bilheteira a adeptos do que no passado. Isto significa que haverá uma proporção menor de adeptos versus sócios. E, entre os adeptos presentes estarão Sportinguistas não sócios porque compraram o pack desenhado para eles. O jogo será, por isso, mais verde.

Esperamos que estas clarificações ajudem no debate construtivo e retirem as preocupações de segurança que - com alguma superficialidade e intuitos bem evidentes, apesar de dissimulados -, têm sido noticiadas nos últimos dias.

Terminamos apelando à presença massiva de Sportinguistas, sócios e adeptos, e que todos os jogos em Alvalade decorram no melhor espírito desportivo e terminem com vitórias do nosso Sporting."