Sociedade

Cantor Armando Gama detido por agredir companheira

Foi acusado de coação psicológica e agressões à companheira, de quem tem um filho menor.

O músico Armando Gama, que venceu o Festival da Canção em 1983, foi detido pela GNR, depois de ter sido acusado de violência doméstica pela sua companheira, segundo o Correio da Manhã.

A detenção do cantor, de 65 anos, foi levada a cabo, esta terça-feira, pelo Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas (NIAVE), da GNR de Lisboa, que recebeu queixas da vítima, de 30 anos, que vivia há sete anos com Armando Gama, de quem tem um filho de cinco anos.

A mulher acusou o músico de coação psicológica, que passava por a impedir de arranjar um emprego e de se relacionar com amigos, e de agressões físicas, que terão sido cometidas pelo cantor à frente do filho menor de ambos.

O músico foi detido quando chegava a casa em Sobreiro, Mafra, tendo passado a noite de terça para quarta-feira no posto da GNR de Pero Pinheiro.

Ainda segundo o Correio da Manhã, Armando Gama foi libertado ontem, depois de ter sido presente de manhã ao Tribunal de Sintra. Ficou proibido de contactar a vítima, sendo assim obrigado a mudar de residência. Confrontando com as acusações, pela mesma publicação, o cantor recusou reagir. "Não comento", disse.