Internacional

Mãe vende cabelo para conseguir alimentar os filhos

Prema comprou três pacotes de arroz.

Prema Selvam, de 31 anos, vive no distrito de Salem, em Tamil Nadu, na Índia. A mulher, que tem três filhos, viu-se desesperada quando percebeu que os filhos estavam a passar fome e decidiu vender o cabelo por 150 rupias, cerca de 1,90 euros, para poder alimentá-los.

"O meu filho de 7 anos, Kaliyappan, voltou da escola e pediu comida. Depois, começou a chorar por causa da fome", disse Prema Selvam, em declarações à BBC. "Eu não tinha nada para dar. Isso fez-me sofrer, partiu-me o coração. Pensei ‘qual será o sentido de viver, se não posso alimentar os meus próprios filhos?", acrecentou.

Sem dinheiro, jóias ou outros bens que pudessem ser vendidos, a mulher diz que acabou por se lembrar de uma loja que comprava cabelo.

"Eu só tinha alguns baldes de plástico (...) Lembrei-me de uma loja que comprava cabelos. Fui até lá e vendi o meu cabelo por 150 rupias”, contou.

A Índia é o principal exportador de cabelo humano a nível mundial e existem muitos revendedores que compram o cabelo e vendem no exterior do país.

Com o dinheiro que recebeu, Prema comprou três pacotes de arroz.

A vida de Prema não tem sido fácil. Durante anos trabalhou com o marido a fabricar tijolos e ganhavam o dinheiro suficiente para os gastos básicos. Mais tarde, o marido acabou por se suicidar, depois de não conseguir pagar uma dívida que tinha depois de construir o seu próprio forno de tijolos.

Depois de vender o cabelo e pensado no que voltariam a enfrentar, Prema confessa que também se tentou suicidar, mas salvou-se graças à rápida ação da família.

No entanto, melhores dias viriam, ou neste caso, uma ajuda externa. Bala Murugan, dono de uma empresa de computação gráfica,  que cresceu com as mesmas dificuldades, ofereceu a Prema 120 mil rupias (cerca de 1.500 euros) para comprar comida.

Autoridades do governo também prometeram ajudá-la a montar seu próprio comércio.