Politica

Movimento defende novo golpe de Estado

“E se acordasse amanhã e não houvesse políticos?” 

“E se acordasse amanhã e não houvesse políticos?” Esta é a frase que surge num outdoor colocado na zona do Campo Pequeno, em Lisboa, pelo Movimento Gente.

Este foi criado pelo tenente-coronel aposentado Tinoco de Faria. “Hoje em dia há mais razões para fazer um golpe de Estado do que antes do 25 de Abril. Mas não defendemos a via violenta, mas sim a via pacífica e popular”, disse.