Desporto

“Estás sujeito a que te partam a boca como aconteceu ao Pedro Proença"

Ex-árbitro esteve no programa de Rui Unas.

Pedro Henriques, ex-ábitro de futebol, foi convidado de Rui Unas no programa ‘Maluco Beleza’ onde comentou a atualidade do futebol português, falando ainda um pouco de como é a vida de um árbitro.

"Não fazes um Benfica-Sporting hoje e, se correu mal, amanhã vais passear no Colombo. Estás sujeito a que te partam a boca como aconteceu ao Pedro Proença", comentou Henriques em relação à pressão a que os árbitros estão sujeitos.

"Ganhas dinheiro. Hoje em dia a arbitragem é bem remunerada. Um árbitro da I Liga ganha mais de mil euros por cada jogo que faz. Os profissionais ganham uma avença de dois mil e quinhentos euros mensalmente. Se forem internacionais, num jogo da Liga dos Campeões ganhas seis ou sete mil euros."

Para Pedro Henriques, a maior parte dos programas de futebol são tóxicos para o desporto assumindo que "prejudicam o futebol" à exceção dos programas onde estão representados por ex-jogadores de futebol. "Temos canais que procuram incendiar e são ofensivos uns em relação aos outros. As pessoas deviam ter a humildade de dar a opinião e, sendo engenheiros ou doutores, não quererem que seja uma doutrina."

Relativamente ao calendário da Liga e aos jogos à segunda-feira à noite, Pedro Henriques considera que deve haver grandes alterações. "A nossa Liga tem que acabar com os jogos à segunda-feira e deixar aquele horário só para equipas que jogam na Liga Europa às quintas. Devia acabar com os jogos às 21h00. Devíamos ter jogos antes do almoço porque assim as famílias iam ao futebol e depois iam juntas almoçar".