Vida

Sérgio Rossi fala sobre traição: "Tive de andar no psiquiatra"

Artista falou sobre a sua vida pessoal.

Sérgio  Rossi foi entrevistado, esta segunda-feira, por Júlia Pinheiro, na SIC, e acabou por recordar uma das fases mais difíceis da sua vida.

O cantor separou-se, em 2019, da mulher com quem namorava há oito anos, após descobrir que tinha sido traído. Ao recordar essa fase, Sérgio Rossi admite que chorava antes e depois de cada espetáculo.

"Chorava a desilusão", começou por dizer, admitindo que foi “duro” viver essa desilusão numa altura em que tinha vários espetáculos.

"Não estava à espera que as coisas tivessem acontecido daquela maneira, não estava à espera que a pessoa em questão tivesse tido uma atitude que provocou a minha reação. Pensava que ela era uma pessoa equilibrada, mas a vida é mesmo assim", disse.

O cantor confessou que teve de receber acompanhamento médico devido ao sucedido.

"Tive de andar no psiquiatra. Tive de fazer consultas no psicólogo para me equilibrar um bocadinho... para tentar conseguir dormir muitas vezes, porque precisava de dormir para cantar e ter boa voz", recordou.