Sociedade

Suspeito de agredir companheira durante três anos fica em liberdade

O homem tinha em sua posse três armas de fogo.

Um homem de 40 anos, suspeito de agredir fisica e psicologicamente a sua companheira, foi esta sexta-feira presente ao Tribunal de Barcelos, que decidiu deixar o suspeito em liberdade, segundo um comunicado da GNR.

 O suspeito está proibido de entrar em contacto por qualquer meio com a alegada vítima e de se aproximar desta e vai ser controlado através de uma pulseira eletrónica.

As alegadas agressões começaram há três anos e ter-se-ão intensificado nos últimos meses. Durante as diligências policias foram encontradas três armas de fogo e sete munições de vários calibres no veiculo e na garagem do suspeito.