Internacional

Oposição convoca greve para amanhã na Venezuela

O líder da oposição da Venezuela, Juan Guaidó, convocou uma nova manifestação para amanhã depois de ontem ter aprovado um manifesto de luta contra o regime.


A medida acontece na sequência de a Guarda Nacional Bolivariana ter dispersado ontem uma manifestação convocada pela oposição no leste de Caracas.

“Estejam atentos porque na quinta-feira também haverá uma manifestação (...), hoje [ontem] a luta dos estudantes, da saúde, dos professores, dos parlamentares e das mulheres, é também a nossa luta”, disse Guaidó aos milhares de manifestantes.

O crítico do regime de Nicolás Maduro avançou ainda que a oposição “é uma poderosa maioria que pode mudar” o país.

Durante o protesto de ontem, Guaidó garantiu aos jornalistas não existir medo. “Sabíamos das intenções da ditadura e estávamos preparados. Cumprimos com o objetivo de hoje [ontem], em todo o país. Demonstrámos que não há medo e vamos aprovar um roteiro nacional” de protestos”, garantiu o líder da oposição.

Recorde-se que a crise na Venezuela registou um agravamento em janeiro do ano passado, altura em que Juan Guaidó jurou assumir funções de presidente interino até que Nicolás Maduro se afastasse do poder.