Desporto

Rafael Leão condenado a indemnizar o Sporting em mais de 16 milhões de euros

Decisão do TAD pela rescisão unilateral após o ataque a Alcochete.

 

Rafael Leão foi condenado pelo Tribunal Arbitral do Desporto a pagar 16,5 milhões de euros ao Sporting no processo relacionado com a rescisão de contrato unilateral com o clube de Alvalade após o ataque à academia de Alcochete, em maio de 2018. 

A decisão surge depois da queixa apresentada pelos leões contra o jogador e o Lille. O clube francês não foi sancionado.

Em novembro de 2018, o Sporting exigiu pela rescisão unilateral do contrato de trabalho sem justa causa ser indemnizado por Leão em pouco mais de 45 milhões de euros, tendo o TAD definido esse valor em 16,5 milhões de euros, levando em conta o valor de mercado do jogador na altura.

Recorde-se que depois da rescisão com o conjunto verde-e-branco, o avançado português assinou pelos franceses do Lille a custo zero e no último verão foi vendido ao AC Milan por 35 milhões de euros.

Esta decisão do TAD será passível de recurso para o TAS, na Suíça.