Economia

EDP anuncia pagamento antecipado de 30 milhões de euros a mais de 1200 empresas

Objetivo é ajudar a garantir que as PME “têm liquidez para pagar salários e manter postos de trabalho”.

A EDP vai antecipar para abril o pagamento de mais de 30 milhões de euros que cerca de 1.200 fornecedores, trata-se sobretudo pequenos negócios e pequenas e médias empresas (PME), que só deveriam receber em maio.

“Esta medida pretende ser um apoio no atual contexto de pandemia para garantir que essas empresas têm liquidez para pagar salários e manter a sua atividade, assim como os postos de trabalho”, explica a energética em comunicado.

A EDP faz ainda questão de lembrar que “foi a primeira a suspender cortes de energia aos clientes residenciais e pequenos negócios durante este período, garantindo assim um apoio adicional no atual contexto”, consequência das medidas de contenção da epidemia do novo coronavírus no país.

A empresa avançou também com novas medidas com vista a adquirir materiais e equipamentos para hospitais e equipas médicas em Portugal, Espanha e Brasil.

 “Uma dessas iniciativas envolve a doação de 500 mil euros para aquisição de materiais essenciais para garantir a proteção de pacientes e pessoal médico em hospitais no combate ao novo coronavírus. Esta lista inclui 500 mil máscaras cirúrgicas, mais de 20 mil máscaras para respiradores e 10 mil fatos de proteção – todos estes equipamentos deverão ser entregues ao longo das primeiras três semanas de abril”, lê-se ainda no mesmo comunicado.