Cultura

Pink testou positivo para covid-19, mas já recuperou e doou um milhão de euros a médicos

A cantora revelou que, para além dela, também o seu filho de 3 anos, Jameson, testou positivo. Ambos já estão recuperados.

A cantora americana Pink, nome artístico de Alecia Beth Moore Hart, testou positivo para a Covid-19, assim como o seu filho, Jameson, de três anos. Ambos sintomas da doença e, após fazerem o teste, a cantora acabou por acusar positivo.

Depois de duas semanas a recuperar, a cantora de 40 anos revelou que já está recuperada e a sua família, depois de fazerem novamente os testes, também receberam resultados negativos. 

"As pessoas precisam de saber que a doença afeta jovens e idosos, saudáveis e insalubres, ricos e pobres, e devemos tornar os testes gratuitos e mais acessíveis para proteger os nossos filhos, famílias, amigos e comunidades", disse a autora de autora de êxitos como Get the Party Started, que considera um "fracasso absoluto" o facto de o governo americano não tornar os testes mais acessíveis. 

Por fim, Pink revelou ter feito uma doação de um milhão de dólares para fundos de emergência relacionados com a pandemia, meio milhão ao Fundo de Emergência do Temple University Hospital, em Filadélfia, em homenagem à sua mãe, que lá trabalhou 18 anos, e outro 500 mil dólares para o Fundo de Crise de Emergência Covid-19 da câmara da cidade de Los Angeles.

Por fim, Pink agradeceu, no seu Instagram pessoal, aos profissionais de saúdeque por todo o mundo lutam contra o vírus e reforçou o apelo a todos os cidadãos: "As próximas duas semanas são cruciais: por favor, fique em casa".