Internacional

Fundador do Twitter doa 920 milhões de euros para ajudar no combate ao novo coronavírus

A doação de Jack Dorsey corresponde a 28% da sua riqueza pessoal

Jack Dorsey, cofundador da rede social Twitter, informou que vai doar um bilião de dólares (cerca de 920 milhões de euros) para ajudar no combate à pandemia de covid-19.

Através de uma publicação feita naquela rede social, Dorsey revelou ainda que o valor doado corresponde a 28% da sua fortuna pessoal. 

Na mesma mensagem é ainda explicado que o dinheiro não será dedicado exclusivamente à luta contra a covid-19, já que após o mundo vencer esta batalha, a prioridade será a luta pela saúde e educação das mulheres.

"O impacto que esse dinheiro terá deve beneficiar as duas empresas (Twitter e Square) a longo prazo, porque ajudará as pessoas que queremos servir. Espero que isso inspire outras pessoas a fazer algo semelhante", escreveu o diretor executivo do Twitter.