Sociedade

Interrogatório ao pai e madrasta de Valentina adiado para terça-feira

Tribunal de Leiria quer ter acesso ao relatório da autópsia antes de ouvir os dois suspeitos da morte da menina de nove anos.

O interrogatório ao pai e à madrasta da menina de nove anos encontrada morta em Peniche foi adiado para esta terça-feira de manhã. 

Era esperado que tanto Sandro Bernardo como a mulher, Márcia, fossem ouvidos esta segunda-feira à tarde, mas o tribunal de Leiria quer primeiramente ter acesso ao relatório da autópsia antes de ouvir os dois suspeitos da morte de Valentina.

O pai e a madrasta da menina, cujo corpo foi escondido numa zona de mato na Serra d'El-Rei, a cerca de seis quilómetros de casa, recorde-se, estão fortemente indiciados da morte de Valentina Fonseca.