Internacional

Greta Thunberg faz apelo à ajuda internacional para evitar catástrofe ambiental em Manaus

 O Estado do Amazonas é um dos mais afetados pela doença no Brasil.

Greta Thunberg pede ajuda internacional para Manaus, na Amazónia, devido às consequências provocadas pelo novo coronavírus, juntamente com mais 12 jovens ligados a causas ambientais do movimento Fridays For Future.

Os 13 ativistas ambientais fizeram um vídeo onde explicam que a morte dos povos da Amazónia vai ter graves efeitos na destruição da floresta, o que vai trazer consequências globais. Um dos jovens chegou a dizer no vídeo que Manaus é o "epicentro da pandemia na floresta Amazónia" e que é necessário proteger a região. 

O presidente da Câmara de Manaus, Arthur Virgílio Neto, partilhou o vídeo no Twitter com a legenda: "O nosso apelo para que as grandes nações ajudem Manaus a enfrentar a pandemia ganha ainda mais força com o apoio do movimento Fridays For Future, encabeçado pela ativista mundial sueca Greta Thunberg". 

No Brasil, foram confirmados desde o início da pandemia 204.795 casos do novo coronavírus. No total, já morreram 14.058 no país. O Estado do Amazonas é um dos mais afetados no Brasil pela doença.