Sociedade

Mãe que matou filho autista fica em prisão preventiva

Jovem foi encontrado morto no interior de um poço.

A mulher que confessou ter matado o filho autista de 17 anos, em Mirandela, vai ficar em prisão preventiva.

O jovem foi encontrado morto, na segunda-feira, no interior de um poço numa propriedade privada em Cabanelas, Mirandela.

A mulher está indiciada de um crime de homicídio qualificado na forma consumada.