Sociedade

Suspeito do caso Maddie pede para ser libertado

A pena de Christian Brueckner terminará em janeiro do próximo ano.

O principal suspeito do desaparecimento de Madeleine McCann, Christian Brueckner, pediu para ser libertado do estabelecimento prisional onde está a cumprir pena de prisão por tráfico de drogas, na Alemanha.

Segundo a agência Efe, o advogado do alemão comuniciou a decisão ao tribunal de Kiel, responsável pela condenação de Christian Brueckner. No início de junho, já tinha cumprido dois terços da pena, que termina em janeiro do próximo ano.

O suspeito alemão tem, no entanto, uma outra acusação pendente de condenação. O homem é acusado de violar uma norte-americana de 72 anos, em Portugal, em 2005.

Nos últimos dias, a polícia alemã realizou escavações num jardim de um residência perto de Hannover, buscas essas que estão relacionadas com o caso Maddie. As escavações, que tiveram início na terça-feira, terminaram na quarta-feira, e o Ministério Público alemão não adiantou pormenores.