Politica

Ventura anuncia recandidatura à liderança do Chega

Também Marcelo Rebelo de Sousa, adversário de André Ventura nas presidenciais, esteve debaixo de fogo em Leiria, sendo classificado como "uma espécie de máquina de apurar".

André Ventura anunciou a recandidatura à liderança do Chega, numa cerimónia em Leiria em que disse que só vai sair do Parlamento “quando metade daquela esquerda sair”. E acrescenta, “estamos a fazer uma revolução democrática e não temos o direito de a destruir”, considerando por isso que “não é um momento de desistência”, para se lançar como candidato às eleições de 5 de setembro.

Também Marcelo Rebelo de Sousa, adversário de André Ventura nas presidenciais, esteve debaixo de fogo em Leiria, sendo classificado como "uma espécie de máquina de apurar".

"A frase que Marcelo Rebelo de Sousa mais diz é 'temos de apurar'. Se agora explodisse isto tudo, amanhã Marcelo dizia 'temos de apurar'. Ricardo Salgado e você [Marcelo] a irem juntos para o Brasil? 'Temos de apurar'. Esta história do seu irmão andar a fazer negócios nas suas viagens? 'Temos de apurar'. António Costa nomear familiares para o Governo? 'Temos de apurar'. Tancos? 'Não sei nada disso, temos de apurar'. Temos de apurar tudo". 

No evento esteve também Maria Vieira, mandatária de Ventura junto das comunidades portuguesas. "Este homem [André Ventura] luta todos os dias para mudar Portugal e nós vamos ser o seu exército", disse.