Sociedade

Quase 200 pessoas foram detidas por condução sob o efeito de álcool entre os dias 14 e 20 de agosto

 4 594 pessoas foram também apanhadas a conduzir sob excesso de velocidade.


A Guarda Nacional Republicana anunciou, esta sexta-feira, que 400 pessoas foram detidas em flagrante delito entre os dias 14 e 20 de agosto. Quase metade das detenções devem-se à condução sob o efeito do álcool - 176 pessoas. De resto, foram detidas 96 pessoas por condução sem habilitação legal, 35 por tráfico de estupefacientes, 12 por furto, cinco por posse ilegal de armas, quatro por violência doméstica e dois por posse de arma proibida.

Foram ainda apreendidas, durante as operações, 665 plantas de cannabis, 6 607 doses de liamba, 1 966 doses de heroína, 379 doses de haxixe, 242 doses de cocaína, 16 doses de óleo de cannabis, 18 armas de fogo, 17 armas brancas e/ou proibidas, Nove veículos e 660 euros em numerário.

No que toca às operações realizadas pelas autoridades no trânsito foram detetadas 9 728 infrações, das quais se destacam 4 594 pessoas apanhadas a conduzir sob excesso de velocidade. Houve ainda 451 fiscalizações relacionadas com anomalias nos sistemas de iluminação e sinalização, 330 com taxa de álcool no sangue e 327 por falta de inspeção periódica obrigatória.