Sociedade

País de Gales contraria Governo britânico e volta a impor quarentena a Portugal continental

Governo autónomo aplica regras diferente do Executivo britânico pela primeira vez.

O País de Gales decidiu retirar Portugal da lista de países isentos de quarentena, no entanto a Madeira e os Açores mantêm-se no corredor aéreo.

Esta é a primeira vez que o ministério da Saúde do Governo autónomo aplica regras diferentes do Governo britânico, que decidiu, esta quinta-feira, manter Portugal na lista de países dispensados de quarentena.

O ministro da Saúde galês, Vaughan Gething, disse ter considerado o relatório do Centro de Biossegurança Comum sobre os países que representam um risco para a saúde pública devido à pandemia covid-19.

"Decidi retirar Portugal continental (os Açores e a Madeira permanecerão isentos), Gibraltar, Polinésia Francesa e as ilhas gregas de Mykonos, Zakynthos, Lesvos, Paros e Antiparos e Creta da lista de países e territórios isentos", disse o ministro da Saúde galês, Vaughan Gething, que explicou ter baseado a decisão no relatório do Centro de Biossegurança Comum sobre os países que representam um risco para a saúde pública devido à pandemia covid-19.

As medidas entram em vigor às 4h00 de sexta-feira, 4 de setembro.