Desporto

Benfica eliminado da Champions após derrota em Salonica

Benfica falha acesso à Liga dos Campeões após derrota por 2-1 em Salónica. Zivkovic, contratado às águias há uma semana, fez o segundo golo do conjunto de Abel Ferreira.

Vlachodimos; André Almeida, Rúben Dias, Vertonghen e Grimaldo; Weigl, Taarabt, Everton, Pedrinho; Pizzi e Seferovic: este foi o primeiro onze oficial de Jorge Jesus no regresso do Benfica à competição. Com sete contratações já garantidas para a época 2020/21, Vertonghen (ex-Tottenham); Pedrinho (ex-Corinthians) e Everton (ex-Grêmio) foram os três reforços titulares no jogo decisivo em Salónica, frente ao PAOK de Abel Ferreira, na terceira pré-eliminatória da Champions.

Um duelo português aguardado com elevada expectativa, sobretudo pelo facto de Jesus não ter margem de erro. Cair no estádio Toumba era basicamente um não-assunto no universo encarnado, que finalmente ia ver na prática o novo Benfica, prometido há semanas na cerimónia de apresentação do treinador de 66 anos.

Na Grécia, o intervalo chegou com o nulo no marcador, mas as indicações eram positivas: a jogar ou não o triplo, a águia dominou a primeira metade do jogo, com várias oportunidades de golo. 

 Aos 29 minutos, Pizzi foi o responsável pelo lance de maior perigo, após livre direto para o poste da baliza à guarda de Zivkovic. Destaque ainda para as oportunidades desperdiçadas por Seferovic e para a influência de Everton Cebolinha, que mostrou já várias camadas e a influência que poderá ter nos encarnados.

Queda confirmada por ex-benfica Após o intervalo, o conjunto grego surgiu com energia renovada e conseguiu surpreender a equipa encarnada. Depois de dois avisos, o PAOK conseguiu colocar-se em vantagem através de um auto-golo de Vertonghen. Após cruzamento de Akpom, o belga acabou por colocar a bola dentro da baliza de Vlachodimos. Na sequência deste lance, Jesus foi obrigado a mexer: aos 65 minutos, lançou Darwin Núñez (uruguaio que se tornou recentemente a contratação mais cara de sempre do campeonato português, após o clube da Luz pagar 24 milhões de euros aos espanhóis doAlmería) para o lugar de Pedrinho.

Ao mesmo tempo, Abel Ferreira deu ordem de entrada a Andrija Zivkovic, contratado há uma semana ao... Benfica. Menos de dez minutos depois de ter entrado em campo, o antigo extremo das águias fez o 2-0 após jogada de contra-ataque. Rafa ainda reduziu para 2-1 (94’), mas já não foi suficiente para mudar o rumo do jogo.

paok pode fazer história O PAOK está agora a um pequeno passo de garantir presença na fase final da Liga dos Campeões, algo inédito na história do clube.

No playoff de acesso à prova milionária, os comandados de Abel Ferreira vão defrontar os russos do Krasnodar, uma eliminatória discutida a dois jogos. Os encontros da primeira mão dos playoffs estão agendados para os próximos dia 22 e 23 de setembro. Já a segunda mão acontece uma semana depois, a 29 e 30 do mesmo mês.

O Benfica chumbou no primeiro teste no arranque desta segunda era Jesus, e falhou a oportunidade de se juntar ao FC Porto na fase de grupos da principal prova da UEFA – passaporte que os dragões de Sérgio Conceição asseguraram após conquista do título nacional em 2019/20.

Com a derrota em Salónica, onde os encarnados tinham vencido nas três deslocações anteriores (1999/2000, 2013/14 e 2018/19), os vice-campeões nacionais desperdiçaram a oportunidade de arrecadarem mais de 40 milhões de euros, valor da entrada na fase final da Liga dos Campeões. Recorde-se que esta era uma fatia importante para o clube da Luz, que já investiu mais de 80 milhões de euros em reforços – valor recorde no clube e em qualquer plantel em Portugal. O objetivo das águias era assegurar ainda este valor para voltar ao mercado, algo que ficou comprometido.
Na próxima sexta-feira (18 de setembro), os encarnados vão dar o pontapé de saída na Liga portuguesa 2020/21. 
Jorge Jesus terá a sua estreia na Luz no dia 26 de setembro, com a receção ao Moreirense, na 2.ª jornada do campeonato.