Vinagrete

Covid político

Se a guerra á demasiado importante para ser deixada apenas nas mãos dos militares, também a saúde é demasiado importante para ser deixada apenas nas mãos dos sanitários.

Esse vírus mau que anda por aí, o Covid 19, em vez de ser aceite por todos como um mal a combater, está a ser aproveitado para lutas políticas. Poderíamos ser levados a pensar que o eleitorado mais esclarecido castigaria as atitudes de cada cabeça sua sentença (ou a dos que querem ter ideias originais sobre a matéria, não lhes importando as consequências sanitárias da sua atitude), para apoiar apenas as dos que querem combater realmente a pandemia, com as devidas ajudas sanitárias. Têm desculpa os que necessitam mais de dinheiro e trabalho do que de medidas sanitárias (e precisam realmente de quem pense por eles). De qualquer modo, deve ser um combate de autoridades políticas, devidamente assessoradas pelas sanitárias. Porque se a guerra á demasiado importante para ser deixada apenas nas mãos dos militares, também a saúde é demasiado importante para ser deixada apenas nas mãos dos sanitários.

De qualquer maneira, já deixei de esperar eleitorados muito esclarecidos. Eleitorados esclarecidos não tinham tomado decisões como nos EUA, ou no Brasil, ou na Hungria ou na Polónia.

Mas é curioso ver como há manifestações contra medidas sanitárias, sempre da Oposição (o que não faz nenhuma posição política coerente). Apesar de se ver de uma forma geral a Direita (e o PCP em Portugal?) ser mais contra medidas sanitárias, e não acreditar no vírus.

Agora penso que pessoas como Trump deveriam no eu egoísmo político ir até ao fim è procura do seu apoio entre os anti-sanitários. Talvez a sua incoerência (como no Supremo Tribunal) seja boas para os que querem o seu fim na Presidência dos EUA.