Sociedade

Macaco que estava em casa devoluta em Penafiel resgatado pela GNR

Animal foi entregue ao Zoo da Maia.

A GNR capturou, esta terça-feira, um macaco-prego, Cebus apella, no concelho de Penafiel.

Num comunicado emitido esta quarta-feira, a força de segurança explica que, após uma denúncia a informar que um macaco se encontrava numa habitação devoluta, os militares “deslocaram-se ao local onde, após a localização do animal, entraram em contacto com a veterinária municipal para poderem capturar o mamífero em segurança”, uma vez que este se afastava a cada tentativa de aproximação dos guardas, dificultando assim a operação de resgate.

“Devido à falta de segurança das condições da habitação, foi colocada, junto a uma chaminé, uma armadilha de captura de animais com alimentos no seu interior para chamar a sua atenção, resultando na captura do macaco-prego em segurança. Após uma análise ao primata, os peritos constataram tratar-se de um exemplar Cebus apella fêmea, não apresentando quaisquer ferimentos nem possuindo transponder [que permitiria a identificação] , tendo sido entregue no Zoo da Maia”, revela a GNR.

O macaco-prego, Cebus apella, é um mamífero de porte médio, pesando entre 1,3 kg e 4,8 kg. Pode atingir os 48 cm de altura, com cauda preênsil, ou seja, com a capacidade de se agarrar, embora não tenha a mesma mobilidade de outros primatas. A cor da pelagem varia entre as espécies e os indivíduos, permitindo o seu reconhecimento.