Sociedade

Ministro do Ambiente não espera conclusões diferentes "do que já se sabe" sobre acidente no metro de Lisboa

Governante garante que estruturas do Metro são seguras.

O ministro do Ambiente e da Transição Energética, João Pedro Matos Fernandes, esteve esta terça-feira na Praça de Espanha, onde assegurou que as estruturas do Metro de Lisboa são seguras, depois do incidente que na última terça-feira provocou quatro feridos ligeiros.

Numa altura em que a circulação na Linha Azul já está normalizada, Matos Fernandes disse aos jornalistas que não espera novidades na auditoria que a Câmara Municipal de Lisboa iniciou para apurar responsabilidades no incidente, que ocorreu, segundo a autarquia, devido um erro técnico nas obras do futuro Parque Urbano da Praça de Espanha, perfurando o túnel do Metro entre as estações de S. Sebastião e da Praça de Espanha.

"Não esperamos conclusões diferentes do que já se sabe", nomeadamente que "uma máquina entrou em obra e deu uma pancada muito forte onde não devia. Não há qualquer conclusão que se possa tirar daqui sobre as estruturas do Metro de Lisboa, que são seguras", disse aos jornalistas o ministro.

O governante realçou ainda que os responsáveis pela empreitada já "assumiram a responsabilidade”. “Lamentamos muito os feridos e o transtorno, mas já passou. Vamos acreditar que vai correr tudo bem", declarou.

Recorde-se que a circulação da Linha Azul do Metro de Lisboa já está normalizada.