Sociedade

Setembro de 2020 foi o mais quente desde que há registo

Este ano pode destronar 2016 como o mais quente.


O mês passado foi o setembro mais quente já registado no mundo, segundo o Serviço Europeu de Mudanças Climáticas Copernicus.

De outubro de 2019 a setembro de 2020 foi registado 1,28 graus Celsius acima das temperaturas da chamada era pré-industrial, segundo o relatório mensal do Copernicus, que alerta ainda para possibilidade de este ano destronar 2016 como o mais quente.

No relatório é também merecedor de destaque o facto de os últimos cinco anos terem sido os mais quentes já registados, o que arrisca o não-cumprimento do teto estabelecido pelo Acordo de Paris, assinado por 200 estados que se comprometem a reduzir as suas emissões de gases de efeito estufa, com o objetivo de conter o aquecimento a 1,5 graus, no máximo 2.

"Globalmente, setembro de 2020 foi 0,05 graus acima de setembro de 2019, até agora o mais quente já registado", lê-se no relatório, que refere que a temperatura é 0,63 graus acima da média para o período 1981-2020.