Sociedade

Universidade de Coimbra inicia projeto de promoção de saúde mental em escolas da Figueira da Foz

O programa "SMS" pretende ter impacto não só em alunos mas também em professores, encarregados de educação e profissionais das escolas.

A Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade de Coimbra vai iniciar este mês, um projeto de promoção de saúde mental e de prevenção da depressão nos jovens em duas escolas da Figueira da Foz.

De acordo com a Universidade de Coimbra (UC), o plano visa "a promoção da saúde mental, a prevenção da depressão e o combate ao estigma social e ao insucesso escolar associados".

O projeto "SMS" (acrónimo de Sucesso, Mente e Saúde) vai ser implementado na Escola Básica Pintor Mário Augusto e na Escola Secundária Cristina Torres e é financiando pela Câmara Municipal da Figueira da Foz e pelo programa Portugal Inovação Social.

A Universidade de Coimbra explica que o programa "SMS" pretende não só envolver os alunos como "também os seus pais e encarregados de educação, professores e outros profissionais das escolas e ainda técnicos da comunidade que estão diretamente relacionados com estabelecimentos de ensino como, por exemplo, técnicos da autarquia e de centros de saúde".

A vertente tecnológica está também presente no projeto. Com a colaboração de investigadores do Departamento de Engenharia Informática da Faculdade de Ciências e Tecnologia da UC, foi criada uma plataforma ‘web’ "SMS e Saúde".

A Universidade adianta que a intervenção é constituída por dois programas, um destinado aos jovens e outro aos educadores. O programa "SMSjovens" é constituído por 10 sessões e os alunos vão assistir a uma por semana tanto presencial como remotamente.