Politica

Carlos César rejeita consulta interna no PS sobre escolha do candidato a Belém

Referendo interno tinha sido proposto por Daniel Adrião, apoiante da candidatura de Ana Gomes.

O presidente do PS, Carlos César, afastou, esta sexta-feira, a proposta de consulta interna dos militantes socialistas sobre o candidato às presidenciais, que tinha sido apresentada pelo dirigente Daniel Adrião.

“Embora seja competência da Comissão Nacional convocar referendos para auscultação dos militantes, essa deliberação só pode acontecer (…) sob proposta do secretário-geral [António Costa] ", lê-se na carta de resposta de Carlos César à proposta de Daniel Adrião, apoiante da candidatura presidencial de Ana Gomes.

O facto de a ordem de trabalhos para a reunião da Comissão Nacional, a 31 de outubro, já estar fixada também foi usado como justificação para a invalidação da proposta da consulta interna, algo que, para Daniel Adrião, poderia ser feito através de voto electrónico e não implicaria “grande logística, nem recursos financeiros” ao partido.

Sublinhe-se que a reunião do dia 31 de outubro tem como objectivo a definição da orientação política do PS sobre as eleições presidenciais de Janeiro de 2021.