Sociedade

Primeiro-ministro afasta cerca sanitária em Felgueiras, Lousada e Paços de Ferreira mas serão aplicadas novas medidas

António Costa reuniu-se esta quarta-feira com os autarcas para analisar aumento de casos

O primeiro-ministro afastou esta tarde a necessidade de uma cerca sanitária ou confinamento na zona do Vale do Sousa Norte, onde se tem registado a maior incidência de novos casos de covid-19, anunciando que em breve serão anunciadas novas medidas para conter a expansão da epidemia da região.

António Costa reuniu-se esta quarta-feira de emergência com os autarcas de Paços de Ferreira, Lousada e Felgueiras e também com os responsáveis da Administração Regional de Saúde do Norte. "Não está em causa cerca sanitária nem confinamento", disse à comunicação social no final do encontro, citou o Jornal de Notícias. O primeiro-ministro adiantou que houve consenso entre todos os intervientes sobre as medidas a adotar. "Agora, falarei com os meus colegas do Governo para que as medidas sejam formalizadas", afirmou.