Sociedade

Governo estende novamente interdição aos cruzeiros até 14 de novembro

Interdição de cruzeiros está em vigor já desde 14 de maio.


O Governo prolongou novamente a interdição aos cruzeiros, desta vez até 14 de novembro. Recorde-se que desde 14 de maio as viagens de cruzeiro estão proibidas por decisão do Governo e assim vai continuar.

Os ministros da Saúde, da Defesa, das Infraestruturas e da Administração Interna assinaram um despachado datado de 30 de outubro e publicado sábado à noite no Diário da República que indica que o desembarque de passageiros em portos nacionais e as licenças para terra de passageiros e tripulações de navios de cruzeiro vão continuar proibidos até 14 de novembro. A decisão surge como medida “ de contenção das possíveis linhas de contágio, de modo a controlar a disseminação do vírus SARS-CoV-2 e da doença Covid-19, sendo que a situação epidemiológica, quer em Portugal, quer noutros países, permanece por controlar”, pode ler-se no documento.

“A experiência internacional demonstra o elevado risco decorrente do desembarque de passageiros e tripulações dos navios de cruzeiro”, acrescenta ainda o despacho.

Os comentários estão desactivados.