Sociedade

Violou reiteradamente mulher com doença mental

Caso ocorreu em Miranda do Corvo.

A Polícia Judiciária (PJ) deteve um homem, de 58 anos, pela presumível prática, reiterada, de crimes de violação, ocorridos em Miranda do Corvo, de que foi vítima uma mulher, com 47 anos,

A autoridade revela em comunicado que os crimes aconteceram num contexto de proximidade familiar, “aproveitando-se o arguido da vítima padecer de doença de foro mental, grave, para a obrigar a sujeitar-se aos abusos sexuais”.

O detido foi presente a primeiro interrogatório judicial, tendo-lhe sido aplicada a medida de coação de prisão preventiva.