Desporto

Benfica vence Tondela na Luz e arrecada três pontos

As águias receberam o Tondela para a 13ª jornada, num jogo que foi aproveitado até ao último segundo.

No dia em que jogam os três grandes, quase em simultâneo, o Benfica recebeu o Tondela para procurar três pontos e esperar por um "deslize" do Futebol Clube do Porto, de maneira a recuperar do empate com o Santa Clara na jornada anterior.

Ferro, Taarabt e Waldschmidt começaram no banco das águias, num jogo que viu Otamendi, Pizzi e Seferovic na equipa principal.

A primeira metade do jogo viu o Benfica atacar várias vezes a baliza do Tondela, mas a conclusão não chegava, e o marcador manteve-se mesmo a zeros ao intervalo.

Aos 54 minutos, no entanto, as águias puseram-se em vantagem no marcador, com Seferovic a usar o pé esquerdo para aproveitar a assistência de Everton e bater Babacar Niasse. Os olhos humanos de Manuel Oliveira duvidaram, mas a tecnologia do VAR confirmou: O jogador suíço estava mesmo em posição legal, e o golo foi validado.

Seguiu-se uma série de oportunidades de Darwin Núñez e Pizzi, mas a conclusão e o segundo golo não chegavam.

Jesus decidiu, aos 68 minutos, mexer no plantel das águias, e retirou Everton de jogo para dar espaço a Taarabt. Poucos minutos depois, Waldschmidt entrou para o lugar de Haris Seferovic, que marcara o único golo da partida até então.

A marca dos 84 minutos viu as águias pôr em perigo a baliza de Niasse, com Weigl a falhar por pouco na sequência de um canto batido por Pizzi.

Pouco tempo depois, aos 87 minutos, o internacional uruguaio Darwin Núñez conseguiu mesmo encaixar a bola no canto superior esquerdo da baliza do Tondela, mas o golo viria a ser anulado após consulta ao VAR. Manuel Oliveira duvidou, e o golo acabou mesmo por ser anulado, visto que Darwin Núñez estava em posição irregular.

Mas o jogo só acaba com o apito final. A equipa de arbitragem deu sete minutos de tempo extra, e o Benfica aproveitou. Waldschmidt, assistido por Darwin Núñez, bateu a baliza de Niasse, e fez o dois a zero para o Benfica.

Waldschmidt ainda obrigou Niasse a agarrar o esférico para evitar um terceiro golo, e o apito final pôs termo à partida.

O Benfica venceu assim o Tondela por duas bolas a zero, e sobe temporariamente para o segundo lugar, com 31 pontos. Já o Tondela fica em 14º lugar, com 12 pontos.