Politica

Sondagem: Marcelo reeleito à 1.ª volta com 2.º lugar ainda em aberto

Cumprindo-se a tradição, o Presidente em final de primeiro mandato será tranquilamente reeleito no próximo domingo, segundo um estudo especial da Eurosondagem para o Nascer do SOL, que dá Ana Gomes ainda mais de três pontos à frente de André Ventura.

Com uma abstenção recorde a rondar os 75% – nas projeções do Nascer do SOL e do politólogo responsável técnico da Eurosondagem, Rui Oliveira e Costa –, qualquer prognóstico para as eleições presidenciais do próximo domingo torna-se um exercício com uma elevadíssima margem de risco. Ainda assim, Marcelo Rebelo de Sousa pode tranquilamente contar com a reeleição à primeira volta, cumprindo-se a tradição da reeleição do Presidente para segundo mandato (Ramalho Eanes em 1981, Mário Soares em 1991, Jorge Sampaio em 2001 e Cavaco Silva em 2011), como o confirma a sondagem especial realizada pela Eurosondagem para o Nascer do SOL.

Segundo este novo estudo, a campanha eleitoral condicionada pela pandemia da covid-19 e centrada nos debates televisivos favoreceu Marcelo Rebelo de Sousa – que cresce quase dois pontos (1,6%) nas intenções de voto em relação à sondagem anterior (de há 15 dias, Nascer do SOL de 9 de janeiro), mas ainda fica muito longe do recorde de Mário Soares em 1991 (70,35%) – e Vitorino Silva (+0,7% do que no último estudo), que quase alcança o candidato da Iniciativa Liberal, Tiago Mayan Gonçalves.

Já Ana Gomes (com menos 1,2% do que há duas semanas) é quem perde mais com a campanha (leia-se debates televisivos), vendo encurtar a vantagem que tinha conquistado sobre André Ventura – o que, face à gigantesca abstenção previsível, faz com que o segundo lugar ainda permaneça em aberto.

Quanto aos candidatos apoiados pelo BE, Marisa Matias, e pelo PCP, João Ferreira, não houve alterações significativas em relação ao último estudo.

Se as Presidenciais fossem hoje, em quem votaria?

Marcelo Rebelo de Sousa - 61,8% (52,2%)
Ana Gomes - 13,6% (11,5%)
André Ventura - 10,0% (8,4%)
Marisa Matias - 6,0% (5,1%)
João Ferreira - 4,8% (4,1%)
Tiago Mayan Gonçalves - 2,1% (1,8%)
Vitorino Silva - 1,7% (1,4%)

FICHA TÉCNICA: Estudo de Opinião efetuado pela Eurosondagem de 16 a 20 de janeiro de 2021. Entrevistas telefónicas, realizadas por entrevistadores selecionados e supervisionados, para telemóveis e telefones da rede fixa. O Universo é a população com 18 anos ou mais, residente em Portugal Continental e Regiões Autónomas. Amostra estratificada por Região, e aleatória no que concerne ao Sexo e Faixa Etária. Foram efetuadas 2985 tentativas de entrevistas e, destas, 452 (15,1%) não aceitaram colaborar no Estudo de Opinião. Foram validadas 2533 entrevistas. O erro máximo da Amostra é de 1,95%, para um grau de probabilidade de 95,0%. Um exemplar deste Estudo de Opinião está depositado na Entidade Reguladora para a Comunicação Social. Lisboa, 21 de janeiro de 2021. O Responsável Técnico da Eurosondagem Rui Oliveira Costa