Sociedade

Homem pontapeia cão que tinha sido atropelado à frente da polícia e acaba detido em Loures

Animal, que corria pela rua com a trela colocada, foi atropelado. Dono apresentou-se no local do acidente e agrediu o animal com violência à frente dos polícias. 


O Comando Metropolitano de Lisboa da PSP deteve um homem, de 66 anos, na quarta-feira, em Loures, pela prática do crime de maus tratos a animal de companhia.

Em comunicado, a força de segurança explica que os polícias foram informados sobre o atropelamento de um cão em Frielas, tendo-se deslocado para o local, onde ainda se encontrava o condutor.

“Sem que nada o fizesse prever, o cão corria pelas artérias ainda com a trela colocada, quando a corrente desta acabou por ficar presa ao veículo, enquanto este se encontrava em circulação”, explica a PSP.

Cerca de 30 minutos após o acidente, compareceu no local o agora detido, identificando-se perante os polícias como dono do animal, “tendo de imediato desferido um pontapé violento na zona lombar do cão, enquanto este se encontrava sossegado e preso pela trela, infligindo-lhe claramente dor e sofrimento”.

Perante a constatação da prática criminosa, os polícias deram imediatamente voz de detenção ao agressor.

O detido será presente esta sexta-feira no Tribunal Judicial da Comarca de Loures.

O cão foi recolhido pelos Serviços Municipais de Loures.