Sociedade

PJ vai investigar casos de vacinação indevida

Por delegação do Ministério Público.

O Ministério Público anunciou, esta quinta-feira, que delegou na Polícia Judiciária a investigação de irregularidades com o plano de vacinação contra a covid-19.

"A procuradora-geral da República, após articulação com o diretor nacional da Polícia Judiciária, recomendou a ponderação de delegação de competências para investigação dos inquéritos com o referido objeto, concentradamente na Polícia Judiciária, por forma a potenciar um tratamento uniformizado e maior agilização na articulação com as inspeções setoriais", lê-se no comunicado.

Sublinhe-se que o Ministério Público já instaurou inquéritos a alguns dos casos que vieram recentemente a público, como o da Segurança Social de Setúbal, o do INEM de Lisboa e o do INEM do Porto.