Internacional

Pela primeira vez, crianças e adolescentes vão ser testadas para vacina contra covid-19

Nos testes da vacina da Oxford/AstraZeneca, vão participar 300 voluntários entre os 6 e os 17 anos.

A Universidade de Oxford anunciou, este sábado, que vai iniciar a fase 2 dos testes da vacina contra a covid-19 em crianças e adolescentes entre os 6 e os 17 anos de idade. Esta é a primeira vez que este grupo etário, mais jovem, é chamado para estudo clínico de eficácia de vacina contra o novo coronavírus.

Nos testes da vacina da Oxford/AstraZeneca, vão participar 300 voluntários e as inoculações vão começar já ainda neste mês de fevereiro, informou o comunicado da farmacêutica, citado pela BBC.

O canal televisivo afirma que 240 crianças vão ser vacinadas contra a covid-19, enquanto as restantes 60 vão receber imunização contra a meningite, que tem demonstrado efeitos secundários semelhantes.

Tudo indica que na União Europeia poderão circular oito vacinas contra o novo coronavírus. As que estão aprovadas e em uso são as da Pfizer/BioNTech, Moderna e AstraZeneca. Já em processo de formalização de aquisição estão as da Sanofi-GSK, Janssen Pharmaceutica NV e CureVac. Enquanto as da Novavax e Valneva estão ainda em conversações.