Internacional

Jovem inglês estava inscrito como prioritário para a vacina contra a covid-19 por erro improvável

Segundo os registos do Serviço Nacional de Saúde britânico, Liam Thorp media apenas 6,2 centímetros e pesava apenas 28 quilos. 

Esta será uma história que o jovem jornalista Liam Thorp vai guardar para o resto da sua vida. Liam foi colocado como prioritário na lista de vacinação contra a covid-19 no Reino Unido, mas é um adulto completamente saudável, sem qualquer problema médico. Onde está o erro? No sistema do Serviço Nacional de Saúde britânico (NHS) que determinava a altura de Liam apenas por 6,2 centímetros.

Liam Thorp é jornalista e editor da seção de Política do jornal Liverpool Echo. Aos 32 anos, foi surpreendido com o facto de estar inserido nas listas de vacinação como tendo uma massa gorda de 28 quilos, pois no registo está trocado a unidade de medida, em vez de 6,2 'feet', o que equivale a 1,80 metros -, Liam media apenas 6,2 centímetros.

O jornalista tomou a iniciativa de contactar para o NHS para tentar perceber o que se tinha passado e no dia seguinte já tinha uma resposta sobre o erro imprevisível. O engano já foi corrigido.

O pequeno grande homem foi entrevistado pela BBC Radio 5 e aproveitou para brincar com o assunto, "eu ganhei alguns quilos no confinamento, mas fiquei surpreso por ter-me tornado clinicamente um obeso mórbido. Esta situação fez-me repensar o que devo fazer nas noites das panquecas".

Já a especialista da Comissão Clínica de Liverpool, Fiona Lemmens, explicou que este tipo de erros pode acontecer, reconhecendo que “este é um problema importante que tem de ser trabalhado", de forma a evitar que casos semelhantes aconteçam futuramente.

Liam decidiu gravar a sua história e escreveu um artigo para o jornal onde trabalha, com o título 'Fui convidado a levar a vacina porque o NHS pensava que eu tinha 6 centímetros". No twitter, o jovem partilhou “a notícia que nunca pensei que iria escrever".

Veja aqui o artigo na íntegra