Sociedade

Proteção Civil regista 828 ocorrências devido ao mau tempo, 53% das quais em Lisboa

Inundações, quedas de árvores e de estruturas foram as causas da maioria das ocorrências. 


A Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC) registou 828 ocorrências devido ao mau tempo entre as oito horas e as 23h59 de sábado. A maioria das situações estava relacionadas com inundações, quedas de árvores e de estruturas. Lisboa registou mais de metade das ocorrências nacionais.

"Entre as 8h e as 23h59 de sábado registámos 828 ocorrências", disse Paulo Santos da ANEPC, à agência Lusa.

Inundações, quedas de árvores e de estruturas foram as causas da maioria das ocorrências, mas também "houve situações em que foi necessário fazer limpeza de vias" e foram ainda registados "41 movimentos de massas".

Lisboa, Leiria e Setúbal foram os distritos mais afetados, com a capital a "registar 53% ocorrências nacionais". Segundo Paulo Santos, "o grosso das ocorrências ocorreu no dia de ontem [sábado], em especial ao final da tarde", e este domingo a situação está mais calma.